sexta-feira, outubro 09, 2009

A verdade sobre o aspartame

A substância é capaz de provocar linfomas e leucemia em ratos

O aspartamo ou aspartame é um aditivo alimentar utilizado para substituir o açúcar comum e foi criado em 1965 pela empresa americana G.D. Searle & Company e comprada posteriormente pela Monsanto.

Ele tem maior poder de adoçar (cerca de 200 vezes mais doce que a sacarose) e é menos denso. O aspartamo geralmente é vendido junto com outros produtos. É o adoçante mais utilizado em bebidas. É formado quimicamente por L-fenilalanina e L-aspártico, ligados por um éster de metila (metanol), sendo sua ingestão diária recomendada de 40 mg/kg de peso corpóreo.

O aspartamo é consumido por mais de 200 milhões de pessoas, em todo o mundo e está presente em mais de 6000 produtos.

A Fundação Européia de Oncologia e Ciências do Meio Ambiente B. Ramazzini, instalada em Bolonha, Itália, anunciou que os resultados de um estudo feito com 1.800 ratos "mostram pela primeira vez que o aspartamo é um agente cancerígeno".

O Dr. Russel L.Blaylock ao estudar o Acido Aspartico que é um aminoácido que constitui 40% do aspartame descreveu mais de 500 experiências cientificas comprovando a deterioração das células neurais.

Depois de ter sido proibido nos anos 70, o aspartame foi liberado, através de um forte lobby político, pelo FDA, o orgão americano que regulamenta a comida e medicamentos nos EUA.

Após alguns anos, houve um grande aumento de várias doenças, como câncer no cérebro e outros orgãos, desordem da tireóide, defeitos de nascença, queda de QI, entre vários outros problemas que, pelo lobby da indústria, é ignorado pelas agências regulamentadores de saúde pelo mundo.

O governo brasileiro, através da ANVISA, informa que o aspartame é seguro nesta página: Clique aqui!

Pelo sim, pelo não... é melhor evitar né?



[02] [03] [04] [05] [06] [07] [08] [09] [10] [11]


Fontes
http://www.anovaordemmundial.com
http://pasteldocaverna.blogspot.com
http://pt.wikipedia.org/wiki/Aspartame

Um comentário:

Buxi disse...

Bom artigo, falo bastante sobre isto no meu blog.

http://aminhadieta.blogs.sapo.pt