quinta-feira, dezembro 22, 2005

1986 - A Noite Oficial dos OVNIs

Brigadeiro Otávio Júlio Moreira Lima, ministro da AeronáuticaRecentemente, em 19 de maio de 1986, tivemos um "show" de discos voadores no céu brasileiro, a ponto de as autoridades da Aeronáutica virem a público afirmar que o espaço aéreo brasileiro foi invadido por vinte e um objetos de origem desconhecida, os quais foram detectados pelos radares, foram acompanhados por aviões a jato, se movimentavam em altas velocidades, passando de 250 a 1.500 km/h em fração de segundo, sem causar o boom característico, mudavam de cor, mudavam de trajetória, subiam, desciam, sumiam instantaneamente do radar e apareciam, aos olhos do observador, em outro lugar, acompanhavam os aviões, ficavam parados, faziam ziguezague, causaram a interrupção do tráfego aéreo em várias áreas, saturaram os radares, causaram interferências nos equipamentos dos aviões a jato, faziam curvas em ângulos retos (90°) em altíssimas velocidades, sem deixar rastros como as aeronaves convencionais. Isso tudo foi informado oficialmente, e deve ser menos de 20% do que realmente aconteceu.



A ORDEM DOS FATOS

Coronel Ozires Silva20:50 horas – O operador da torre de controle do aeroporto de São José dos Campos observa, por binóculo, dois pontos luminosos. A torre pede ao comandante Alcir Pereira da Silva, que viajava com o coronel Ozires Silva, que fizesse uma busca visual do OVNI.

21:10 horas – Sinais luminosos são vistos pelo comandante Alcir e pelo coronel Ozires Silva.

21:14 horas – O controle de radar de São Paulo recebe sinais sem identificação.

21:15 horas – O controle de radar de São Paulo informa o Centro de Tráfego Aéreo de Brasília.

21:20 horas – Brasília confirma a presença de sinais no radar.

21:23 horas – O primeiro jato F-5E sai da Base Aérea de Santa Cruz, Rio de Janeiro, rumo a São José dos Campos (tenente Kleber Caldas Marinho).

22:45 horas – O radar de Anápolis, a 50 km de Goiânia, detecta os sinais e o primeiro Mirage levanta vôo em busca dos OVNIs (capitão Armindo Souza Viriato de Freitas).

22:50 horas – O segundo jato F-5E levanta vôo (capitão Márcio Brisola Jordão).

23:15 horas – O tenente Kleber vê bolas de luz pela primeira vez e começa a perseguir os OVNIs.

23:17 horas – O segundo Mirage levanta vôo em Anápolis.

23:20 horas – O F-5E detecta, pela primeira vez, sinais pelo radar de bordo.

23:36 horas – O terceiro Mirage levanta vôo da base de Anápolis.


F5EMas no meio oficial, comentou-se muitas coisas que não foram mencionadas nos depoimentos, tais como: quando o F-5E era seguido por treze OVNIs, o piloto fez um looping para ficar de frente com tais objetos, o que não foi possível pois os objetos também fizeram o looping com o avião. Comentou-se que um objeto veio em alta velocidade e, de repente, parou bem à frente do avião, em rota eminente de colisão, saindo em seguida, a toda velocidade, deixando o piloto totalmente apavorado.

Considerando-se apenas as informações oficiais, esses fatos só podem ser explicados dentro do contexto do fenômeno UFO ou simplesmente disco voador. O que importa é a origem desses objetos, provavelmente extraterrestres, e a sua tecnologia indiscutivelmente muito avançada e totalmente desconhecida pelos cientistas do planeta Terra.

MirageNossas autoridades da Aeronáutica não souberam explicar o que eram esses objetos, limitando-se a dizer que só podem dar explicações técnicas, e essas explicações eles não as têm. Foi formada uma comissão de estudos para analisar os fatos, e a conclusão certamente jamais será do conhecimento público. De certa forma, de positivo ficou o fato da Aeronáutica brasileira reconhecer publicamente que o nosso espaço aéreo é invadido constantemente por estranhos objetos de origem desconhecida.


Na ufologia mundial há milhares de casos, riquíssimos em detalhes, envolvendo pessoas perfeitamente normais, mas alguns cientistas preferem simplesmente afirmar que essas pessoas são "loucas", no lugar de pesquisarem a história que elas contam. Esses cientistas deviam unir-se e provar cientificamente que os discos voadores não existem. Esses cientistas têm viseiras tão fechadas que, se alguém entregar um disco voador a eles, é mais do que provável que ainda assim eles não acreditarão.

Quando analisamos os seus depoimentos, principalmente em relação ao evento de 19/05/86, verificamos que são absolutamente infundados e totalmente desencontrados; nenhum deles parou para analisar os depoimentos das autoridades da Aeronáutica. Eles só conseguiram provar duas coisas. Primeiro: que não conseguem entender-se entre si. Segundo: na sua tentativa de provar que não era fenômeno extraterrestre, que não conhecem os fenômenos terrestres. E é lamentável que eles tenham dado tantas explicações, algumas totalmente conflitantes entre si. Acreditamos que eles devem ser bons profissionais, que realizam seus trabalhos como competência, mas tudo indica que nunca pesquisaram um único caso de disco voador.


Fonte + Vídeo
http://www.ufo.com.br/videos/noiteoficial.htm

36 comentários:

Anônimo disse...

Pode parecer mentira, mas nao acredito que seja: um dos tripulantes envolvidos trabalha hoje na aviacao comercial como comandante. Ele comentou com um piloto que voou comigo que recebeu ordens de disparo contra um dos UFOs. Nao posso dizer os nomes para nao prejudica-los.

Ao selecionar e "lockar" o missil (o missil define o alvo a partir de assinatura radar ou Infra-vermelho) o alvo acelerou e sumiu, assim como os demais objetos perseguidos.

Isso mostra o despreparo absoluto em que se encontravam as autoridades aeronauticas naquela epoca, tal como hoje, para lidar com este tipo de situacao. Mas comprova por outro lado que os objetos nao tinham nenhuma intencao hostil, pois mesmo percebendo e reagindo ao "lock" do missil, nao revidaram de forma alguma. Sorte nossa.

andrezzammagalhaes disse...

Pesquisando achei esse site...uma pergunta interna que me atormenta desde 1986...eu tinha 7 anos exatos...levantei da cama já de madrugada corri a janela de casa como se algo me chamasse...eu dormia antes...um "disco voador",lento e enorme (poderia cobrir umas 5 ou mais casas de 3 quartos e suas dependecias básicas) passava por cima do telhado de minha casa,bem baixo...cinza com algumas luzes discretas internas,nada iluminava o solo...não consigo desenhar por mais que tentasse...mais a minha memória guarda essa imagem.Na manhã seguinte junto aos amigos da vizinhança,comentei o fato,um outro amigo mais velho em poucos anos, também afirmou ter visto o mesmo disco,os outros riram de nós...uma semana depois o cometa Halley passava e todos estavam na rua avistando ou tentando avistar o mesmo.Nasci espírita,nunca frequentei outro lugar que não um centro,leio e releio a codificação sem que isso me saia da memória...ouvi,vi e senti espíritos...nasci sem neuroses aparentes,hoje adulta apresento neuroses ou transtornos de personalidade que nunca me adoeceram pq a espiritualidade me chama e guia na reforma moral e intelectual,a familia traz caracteristicas básicas de esquizofrenia,ciclos viciosos se repetem relacionados a isso,como a aparição de pessoas no convivio social com os mesmos transtornos...como um aviso a que vim...evolução mesmo...tendências a serem melhoradas...quis comentar isso aqui pq nos centros comuns a que frequento,sou ignorada qt ao fato...AS PERGUNTAS,ENTÃO:

Seria possivel o "disco" ter me aparecido e a meu amigo como uma certeza de que mundo viemos?

Pela época(nasci em 1979,PODEMOS INDENTIFICAR ISSO?

Poderia o meu espírito ser reconhecido (EXISTEM REGISTROS DE REENCARNAÇÕES DE ESPÍRITOS NESSA ÉPOCA EM 1979),ter vindo de algum planeta e assim indentificar certas caracteristicas de reforma necessária?Como por exemplo os espíritos cristais e indigos do Planeta de Alcione?

Compreenderam?Não consigo me expressar melhor!!!Jamais me dirão que eu não vi aquilo com os olhos que tenho...minha mente não me aganou...Gostaria de entender o fato além do que já foi compreendido através da codificação e não encontro respostas...

Regina disse...

Eu fazia cursinho na época e estava estudando com um amigo. Quando o mesmo foi me dar uma carona, depois da 01:00 hora da madrugada, levamos um susto enorme, luzes fortes tipo estrela, porém muito baixas ficaram sobre nós, eu queria correr de medo, meu colega não. Isso aconteceu em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. No dia seguinte assistimos aos noticiários e vimos que não estávamos sós nessa loucura.

Douglas rodrigues disse...

andrezzammagalhaes se vc puder entrar en contato com o msn doro.ge@hotmil.com ou o telefone 1147733232
eu agradecerei pois estou estudando o comportamento de todos os que ja viram um ovni procuro algo em comum com todos eles
posso até ajuda-los
obrigado por sua atenção
posso conversar com outras pessoas que ja tenham aparenciado esse fenomeno
obrigado por sua atenção...

Mr. MAC disse...

Nessa época eu morava no condominio Barra Sul no Recreio dos Bandeirantes Rio de Janeiro e vi os Ovnis , eram cerca de 20 de luzes coloridas diversas se movimentando rapidamente , durou cerca de 15 a 20 minutos, nunca vou esquecer. No início eu pensei que fosse um balão enorme com uma cangalha e lanternas, mas quando começou a se movimentar rapidamente fazendo movimentos impossíveis de serem feitos por qualquer coisa ou tecnologia conhecida. E quando o ministro da areronática apareceu em rede nacional no dia seguinte eu percebi que eu havia presenciado um dos maiores acontecimentos da Ufologia até então regsitrados. Sorte a minha!

Tadeu Ulian disse...

Moro no Tucuruvi desde 1970, neste dia estava com um amigo na Serra da Cantareira, era mais ou menos 20:00 hs,estavamos tomando umas cervejas no Mirante, quando percebi no horizonte uma formaçâo de 20 luzes alinhadas, que balançavam como se estivessem boiando no céu.
Chamei a atenção de meu amigo, e ficamos cogitando o que seriam aquelas luzes, quando de-repente algumas luzes começaram a movimentar-se mudando de posição, fazendo zigue-zagues em velocidade espantosa para aviões ou helicopteros.
Algumas pareciam que estavam sendo movidas por uma mão invisivel, que brincava com as luzes.
Isto durou mais ou menos 20 minutos, e de-reente começaram a sumir e outras a subirem para o céu e desaparecendo em instantes.
Isto ocorreu em 1986, e passei todos estes anos sem lembrar do fato,embora tenha presenciado este acontecimento, passei anos sem ter lembrado do ocorrido, como se tivesse uma amnésia.
Só agora há 05 anos tomei conhecimento dos registros na Internet, e foi como ser atingido por um relampago mental, imediatamente lembrei do ocorrido com todos os detalhes.

Luanda Goux disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani Miranda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani Miranda disse...

Repito foi no mesmo ano em 86 ..

JELBLAC disse...

CARO COLEGAS EU PRESENCIEI ESTE ACONTECIMENTO EM SÃO PAULO NESTA DATA TINHA 11 ANOS,AVIA MUITA MOVIMENTAÇÃO DE CARROS DE POLICIA,BOMBEIROS CAMINHOS ACHO QUE DO EXERCITO OU AERONÁUTICA NA RODOVIA FERNÃO DIAS CAMINHÕES COM LUZES GRANDES NA SUA CARROCERIA VASCULHANDO O CÉU,DERREPENTE UM VIZINHO GRITA-OLHA LUZES COLORIDAS NO CÉU,OLHEI TINHA UMAS 12 OU MAIS DE VARIAS CORES DEPOIS DEPOIS DE UNS 10 MINUTOS PARECIA QUE O AR PAROU A LUZES DAS CASAS E RUA COMEÇARAM A PISCAR E APARECEU UM OBJETO GIGANTESCO COBRINDO TUDO ONDE PODECE ENXERGAR ERA IMENSO MESMO,PARECIA QUE IA BATER NA CASAS TÃO BAIXO QUE ELE PASSOU,DEPOIS QUANDO ELE IA SUMINDO EM DIREÇÃO A MAIRIPORÃ,PASSOU MAIS UMAS LUZES BRILHANTES ATRAS DELE E EM SEGUIDA UNS HELICÓPTEROS E AVIÕES ATRÁS DO MESMO,FOI UMA LOUCURA TODO PESSOAL DAS CASAS SAIRÃO PARA FORA COM MEDO.

Flavia Vaz disse...

RELATO DO MEU PAI: No dia 2 de Maio de 1986 aproximadamente ás 01:20 da madrugada, Eu e minha esposa acordamos com uns fleches de luz pelo telhado e pelas flechas da janela, era uma luz vermelha muito forte que clareava toda a casa e vinha de um morro que tinha a frente da casa aproximadamente uns 50 metros, achávamos que um carro de policia,Quis sair para fora para ver o que era, mais minha esposa não deixou sair, pois ficou com medo! Então olhamos pela janela e vimos um forma de 2 pratos fundos luminosos e luzes que circulavam lentamente, permaneceu ali parado por uns 10 minutos,De repente aquele objeto foi subindo lentamente deu uma parada no ar e como um flash de luz ele se foi. Eu quis comentar este caso, mas minha esposa disse que se eu falasse, ela diria que era mentira, Mais hoje com todos esses assuntos sobre Extraterrestre, ela passou a acreditar que o que nós vimos aquele dia, possa ser mesmo um disco voador, pois naquela época não havia uma maquina tão tecnológica..

isabel disse...

Sempre morei em Taubaté, nessa epóca morava num bairro afastado chamado de 3 Marias, eu o marido trabalhavamos a noite numa pizzaria delivery, quando chegamos em casa minha filha de 4 anos me disse que a Cuca tinha corrido atrás dela e repetia frenéticamente, perguntei para a moça que tomava conta dela o q tinha se passado, e ela me disse q tinha faltado energia no bairro e q tiveram q correr muito de um jacaré q andava em pé. Dei risada e nem me importei, hj minha filha com 33 anos jura q é vero. depois disso sempre teve visões mas julga ser sua espiritualidade, pois ñ se liga em ufologia.

Bárbara Prudente disse...

Eu nao acreditava em absolutamente nada sobre ovinis, sempre achei bobeira de quem acreditava... Mas hoje presenciei algo inedito, estava na ladeira no urbanova em são josé dos campos e vi uma luz muito forte, bem forte ai do nada ela ia se enfraquecendo ate ficar bem fraquinha e apagar, do nada sumiu e depois apareceu do outro lado a mesma luz com o mesmo procedimento bem forte e foi ficando fraca, ai ela reapareceu no meio metade atras de uma nuvem e metade pra fora uma luz bem forte.. Ai com tudo ela caiu no "chao" pra baixo e levantou bem fraquinha e apagou. Muito sinistro o que eu presenciei!!! Estou pasma ate agora, em estado de choque... Muito cabuloso!!

Bárbara Prudente disse...

Eu nao acreditava em absolutamente nada sobre ovinis, sempre achei bobeira de quem acreditava... Mas hoje presenciei algo inedito, estava na ladeira no urbanova em são josé dos campos e vi uma luz muito forte, bem forte ai do nada ela ia se enfraquecendo ate ficar bem fraquinha e apagar, do nada sumiu e depois apareceu do outro lado a mesma luz com o mesmo procedimento bem forte e foi ficando fraca, ai ela reapareceu no meio metade atras de uma nuvem e metade pra fora uma luz bem forte.. Ai com tudo ela caiu no "chao" pra baixo e levantou bem fraquinha e apagou. Muito sinistro o que eu presenciei!!! Estou pasma ate agora, em estado de choque... Muito cabuloso!!

Edu Sjk disse...

Em 19 de Maio de 1986 eu estava morando com dois amigos em um apto no último andar do Edifício Uirapuru localizado na Vila Adyana em S.J.Campos.
Na madrugada do dia 20 as 5:30hs os meus amigos dormiam no único quarto e eu estava dormindo na sala quando acordaram com os meus gritos de pavor, eles ficaram tão apavorados que se trancaram no quarto sem coragem para ir ver o que se passava comigo.(Mui Amigos...)
Depois de uns 20 min eles tiveram coragem para ir ver o que aconteceu, foi quando me viram dormindo e foram me acordar apavorados. Me lembro dos dois pálidos me perguntando o que aconteceu e eu no exato momento não tinha noção do que eles estavam falando, mas foi aí que me veio um estalo na memória e lembrei.
Foi como uma sombra entrando pela minha nuca mas que eu não conseguia virar para trás para ver de tão apavorado que eu estava.
Eu e meus amigos vendo que aparentemente nada aconteceu começamos a pensar o que havia acontecido, claro que o pensamento mais óbvio era que eu tinha tido um pesadelo, mas eu nunca tive um pesadelos desse tipo, como que eu teria dado gritos de pavor e 20 min depois estar dormindo tranquilo. Eu só lembrei do que tinha acontecido porque tinha acabado de acontecer, pois se continuasse dormindo por mais algumas horas acredito que não lembraria de nada.
Bom, depois de conversarmos bastante e dar algumas risadas da covardia de dois homens trancados no quarto(eles me juraram de pés juntos que se eu estivesse junto com eles e escutasse os gritos eu iria me trancar também)eu liguei a TV e vi que estavam dando a entrevista sobre os óvnis, na mesma hora a sombra que eu tinha visto tomou forma na minha memória, a sombra eram de dois olhos grandes e negros daqueles que vemos nos filmes de E.T.( Os Grays)
Na época eu tinha 17 anos e nunca tinha ouvido falar ou visto imagens sobre os Grays.
Até hoje sempre me lembro desta data e do que aconteceu.
Coloquei meu relato aqui para ter informação de pessoas que podem ter passado pelo mesmo.
Obrigado.

Alexsandre Domingues Junior disse...

Legal, mas o que disse no final é uma inversão do ônus da prova, dizendo que "cientistas deveriam se unir para provar que NÃO existem", como assim? Devemos provar que determinadas coisas não existem? Quem afirma é quem deve provar e não o contrário, pensa, cientistas tendo que provar que dragões não existiram, que anjos não existem, isso e aquilo, não faz sentido.

Administração UERN 2014.1 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Administração UERN 2014.1 disse...

Para os cientistas isso não interessa em virtude de não se tratar de algo que não pôde ter sido explicável, então eles dizem que fatos como esses são considerados metafísicos.

maria cristiane biagi silvamatta disse...

Eu e meus pais estávamos dormindo morávamos na região da Saúde, zona sul de São Paulo, minha mãe acordou ouvindo um barulho estranho e foi até a cozinha e posteriormente até o quintal, quando olhou para cima viu uma nave espacial do tipo disco voador, ela viu bem de perto e começou a gritar me chamando e a meu pai dizendo "tem um disco voador no quintal", meu pai não acreditou e voltou a dormir. Eu acordei e achei que não era uma nave espacial, mas que alguma coisa estranha minha mãe estava vendo e desci as escadas do sobrado e fui até o quintal ver o que estava acontecendo. Quando cheguei lá não vi nada e minha mãe disse para irmos em direção a sala. Quando olhei pela janela da sala vi uma nave espacial do tipo disco voador, ela se apagava e eu não via mais nada, em instantes ela se acendia e aparecia com bolinhas coloridas na aborda do disco, depois apagava novamente e reacendia aparecendo uma cruz de Delta azul celeste deslumbrantemente linda. A nave ficou parada em frente a nossa casa por alguns minutos e eu e minha mãe ficamos em êxtase com tanta beleza, fiquei com medo também. Cheguei a pensar em ligar para a polícia, mas logo desisti porque a polícia não iria acreditar se eu dissesse que havia uma nave espacial para em frente a minha casa, no alto, pouco mais alto que o telhado do sobrado e mesmo se acreditassem em mim, o que um carro de polícia poderia fazer contra seres com tamanha tecnologia? Olhei bem para a nave e mentalizei, agradeço por terem vindo,mas não quero ir com vocês, não vou sair daqui de dentro da minha casa, não quero entrar na nave. Você podem ir e em seguida eles foram mesmo, graças à Deus.

Carla Denise disse...

PARA EDU SJK
Caro Edu, lendo seu relato, me lembrou muito uma palestra onde o professor Laércio Fonseca, falando sobre Ufologia Esotérica contou um caso sobre a visita de Grays, onde uma mulher entrou em pânico ao vê-los e gritou tanto de pavor, que eles (os grays) desistiram do contato e a adormeceram recuando em sua intenção. Estas palestras estão no YOUTUBE, procure por Laércio Fonseca - Ufologia, ele tem vasto material, vale como material de estudo e troca de experiências.
Também já avistamos naves extraterrestres embora não tivemos um contato tão intenso como o seu, mas não tenho dúvidas sobre sua veracidade.
Espero ter colaborado, grande abraço.
Carla Denise.

Edu Sjk disse...

OI Carla, Agradeço pelo seu comentário.
Vou pesquisar mais sobre o Professor Laércio Fonseca.
Obrigado.

Unknown disse...

Eu e minha mãe avistamos uma nave parada sobre o sobrado onde morávamos.Ela era escura havia uma linda cruz de Malta azul que se apagava e depois apareciam luzes coloridas em volta da nave depois ela se apagava e voltava a aparecer a luz azul com a cruz de Malta.Tive a impressão de conseguir me comunicar com eles telepaticamente.

Cristiane Biagi disse...

Eu vi a nave de perto, mas não tenho lembrança de ter tido contato com eles. Você teve contato? Viu os grays?

Cristiane Biagi disse...

Eu vi a nave de perto, mas não tenho lembrança de ter tido contato com eles. Você teve contato? Viu os grays?

Cristiane Biagi disse...

Eu e minha mãe avistamos uma nave parada sobre o sobrado onde morávamos.Ela era escura havia uma linda cruz de Malta azul que se apagava e depois apareciam luzes coloridas em volta da nave depois ela se apagava e voltava a aparecer a luz azul com a cruz de Malta.Tive a impressão de conseguir me comunicar com eles telepaticamente.

Cristiane Biagi disse...

Eu e minha mãe avistamos uma nave parada sobre o sobrado onde morávamos.Ela era escura havia uma linda cruz de Malta azul que se apagava e depois apareciam luzes coloridas em volta da nave depois ela se apagava e voltava a aparecer a luz azul com a cruz de Malta.Tive a impressão de conseguir me comunicar com eles telepaticamente.

Luiz gustavo Carvalho disse...

ola amigos eu presenciei a uns 4 anos atras um acontecimento na época estava voltando para casa eu e minha esposa e filha quando parei no semáforo esperando o mesmo abrir, quando de repente vi um objeto que planava em frente ao edifício com umas luzes bonitas, eu na hora fiquei espantado, mas vi que aquele objeto estava me vendo, então tentei chegar perto com o carro quando me aproximei do objeto o mesmo pegou uma velocidade surpreendente, mesmo assim corri com o carro pra ver se conseguia me aproximar quando ele sumiu sem deixar rastro nenhum, esse acontecimento ocorreu por 2 hs da manha em Sorocaba

Unknown disse...

Eu e meus irmãos estávamos na sala assistindo televisão era bem tarde da noite e estávamos em uma chácara na região leste de São josé dos Campos, meus pais estavam dormindo e derrepente observamos um clarão vindo de fora , a tv ficou chiando e percebemos que alguma coisa tinha estacionado em cima de nossa casa, pois estavamos com a luz da sala apagada e lá não existia naquele tempo luz nos postes das ruas ,ou seja era uma escuridão total ... aluz que veio de fora era muito forte ! e ficamos com medo de abrir a porta ou a janela, minha irmã mais velha decidiu abrir a folha do vitro da janela e quando ela conseguiu o negócio simplesmente desapareceu ! e até hoje ficamos nos perguntando oque era aquilo e não temos resposta , mas no meu ponto de vista foram discos voadores pois eles aconteceram na mesma época em que houve a aparição dos OVNIS em São José dos Campos.

Marcos Serain disse...

Ate hj os radares detectam,mas hj em dia, a força aérea dos países estao desencanadas pois sabem que esse fenômeno nao e hostil.
O máximo que se limitam hj, e desmentir ou inventar outra lorota p nao ficar dando muitas explicações.

Unknown disse...

Eu também ouvi histórias do tipo, mas muito bizarras mesmo. Minha mãe me disse que não muito tempo atrás ela estava na porta sentanda, já era tarde e nós moramos até hoje no interior, nossa casa fica em frente à uma padaria , e ela disse que vei um negócio de trás da padaria que pareceria ser um disco voador já era tarde e a nave nem era muitooo grande, mas visível. Ela disse que parou em cima dela e ficou rodado as luzes e ficou um tempinho e depois sumiu, ela não me disse se ela teve qualquer tipo de comunicação, mas acredito que sim.

Giuliana Martins disse...

Eu também ouvi histórias do tipo, mas muito bizarras mesmo. Minha mãe me disse que não muito tempo atrás ela estava na porta sentanda, já era tarde e nós moramos até hoje no interior, nossa casa fica em frente à uma padaria , e ela disse que vei um negócio de trás da padaria que pareceria ser um disco voador já era tarde e a nave nem era muitooo grande, mas visível. Ela disse que parou em cima dela e ficou rodado as luzes e ficou um tempinho e depois sumiu, ela não me disse se ela teve qualquer tipo de comunicação, mas acredito que sim.

Margareth bernardes araujo ramos disse...

Nesta noite de 19 de maio de 1986,eu tinha 19 anos e fui testemunha aqui em Poços de Caldas da presença de ovnis que sobrevoavam a região,somente na noite posterior tive as informações através da tv de que haviam causado tamanho reboliço na aeronáutica...Eu e mais uma amiga e um amigo tivemos a experiencia,inclusive,nos comunicamos telepaticamente uns com os outros expontaneamente...isso ninguem pode nos tirar ou contestar,fato

Erika Camargo disse...

A minha experiência foi exatamente no ano de 1986. Estava numa fazenda perto do rio Araguaia. Estavam todos dormindo, quando fui até a varanda e me deparei com 3 esferas que se movimentavam aleatoriamente. Fiquei intacta, encantada, com medo, não chamei ninguém pq fiquei com medo de acharem que eu estava de brincadeira. Tenho a impressão que foram mais ou menos uns 15 minutos. Brilhavam como se fossem estrelas, e se movimentavam se afastando e se aproximando uma das outras. Depois nunca mais eu vi nada igual. Tenho certeza absoluta que eram OVNIS.

Unknown disse...

Olá pessoal. Parece uma coisa, durante todos estes anos achei que o que eu tinha chamado e depois visto era loucura da minha cabeça ou minha mente tentando me enganar. Incrivelmente, justamente nesta época na noite de sexta- feira , acho que devia ser em torno das 21:00 ás 23:30hs eu estava namorando em uma Igreja no Bairro da Penha em São Paulo, eu tinha 15 anos e ELA 24 anos. Foi quando ao longe um tanto distante no horizonte cardial sul avistei uma luz meio cintilante meio dourado. Olhei com ela e disse:
-Poderia ser um disco voador, gostaria que aquela luz fosse de um disco voador, para que nos lavasse para outros mundos e pudessemos ficar assim...como nós somos. (Claro que isto refletia o romantismo da época), mas, de repente começou a se mover de lado eram umas 3 umas próximas das outras, achei que fosse balão....mas subiam e desciam variando suas luzes...Eu pirei, dizia eu:
- Veem me buscar, quero ir com vcs, veem estou aqui. Minha namorada estava rindo da minha cara e eu então, para não ficar com cara de palhaço, fingi que era mesmo brincadeira. Tempo depois terminamos, mas, eu tinha certeza no que tinha visto. Nunca contei isto à ninguém até agora, quando ontem à noite subtamente me deu vontade de pesquisar, e perguntei aqui no "Google", se alguém tinha visto OVNIS em meados de 1986. E aqui estou, em uma blog que acredito terem tido a mesma experiencia que tivera. AGORA SEI QUE NÃO FOI UMA BRINCADEIRA O QUE EU VI....MESMO SABENDO LÁ NO FUNDO QUE ERA VERDADE!!!

leo santos disse...

Cabuloso

leo santos disse...

Minha esposa viu da janela de cása no bairro de Irajá aqui na capital do RJ, achei que fosse cao e vim pesquisar... Estou impressionado... Foi verdade.