sexta-feira, dezembro 29, 2006

Piloto aposentado vira caçador de ovnis em SP

Com mais de 10 mil horas de vôo na carreira, o piloto aposentado Norberto Quintian, 54 anos, se dedica nos últimos anos a "capturar" imagens de Objetos Voadores Não Identificados (Ovnis) no interior de São Paulo. Morador da cidade de Itu (92km de São Paulo), Quintian garante que a região é privilegiada para a visualização de tais objetos.

Natural da cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, ele conta que a sua paixão pelos céus vem desde antes de ele se alistar na aeronáutica e seguir a carreira de piloto. Com a aposentadoria, ele passou a se dedicar aos registros das imagens.

Munido de uma câmera de filmagem doméstica, Quintian diz que o melhor horário para a captura das imagens é entre meio-dia e 16h, e não na madrugada.



"Faço esse tipo de pesquisa há mais de 30 anos, mas agora tenho procurado me aprofundar mais. O tráfego de objetos voadores aqui no interior, onde as condições de visibilidade costumam ser magníficas, é extremamente intenso", conta.

Quintian sabe que o assunto gera polêmica, mas diz acreditar que naquilo que vê. "É claro que muita gente tira a gente de 'lunático', mas por outro lado, há muitas pessoas realizando esse trabalho. A troca de informações é grande."

Mesmo que esta não seja uma ocupação científica, o piloto diz que os interessados no assunto costumam interagir e mostrar o material documentado.

O piloto conta que nas grandes aglomerações de pessoas, como shows e eventos públicos, a aparição de objetos estranhos no ar é maior.

Uma das imagens que mais chamou a atenção do piloto foi um "avião", com cerca de 2 metros de envergadura, cuja imagem foi captada pouco acima de uma residência.

"Era um avião com aspecto preto em volta, um pouco acinzentado, com forte radiação ao seu redor. A questão é: que existe existe, mas de onde vem?", pergunta.

Quintian acredita que somos monitorados 24 horas por dia, mas os seres desconhecidos não interferem na vida da Terra. "Eu levo tudo isso numa boa. Trabalho sempre sozinho e faço isso por paixão", completa.

Fonte
http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI982041-EI306,00.html

7 comentários:

Anônimo disse...

mto legal essa materia que vc fez.sou de itu tb e vi varias vezes,sou fascinado por ufologia e estudo aviaçao em sao paulo. gostaria de saber mas sobre os seus estudos.valeu
meu e mail
matheus-denny@hotmail.com

Fabiana SchitkoskiFechter disse...

adoro essa coisa de saber que não estamos sós. gostaria de conhecer mais sobre seu estudo, moro em itu.sempre olho para o céu todos os dias a procura deles, mas não consigo vê-los, sei que estão lá em algum lugar.leio tudo a respeito.meu email é fschitkoski@ig.com.br fico no aguardo...

Béry's disse...

É! Aqueles que acreditam que a verdade esta la fora. Logo estaremos em contato com os habitantes das Plêiades que muito nos tem a ensinar. Falhamos na administração do nosso planeta, agora eles tomarão as redeas. Ja não era sem tempo!
Me interesso sobre ufologia meu e-mail bere_soft@hotmail.com Aguardo artigos atualizado.
Grata!

Ya'el bat Yossef disse...

Moro em Itu há quase 20 anos e logo que me mudei para cá, morando no Bairro Jardim Faculdade, estávamos na rua com as crianças e vimos várias luzes no céu (umas 5) que se moviam de um lado para o outro e depois sumiram. Viajando para Cuiabá com meus filhos, após umas 4 horas de viagem, à esquerda do ônibus, numa região de plantações, pudemos observar por um bom tempo um objeto metálico em formato de charuto, que brilhava ao cair da tarde. Há uns 3 anos, indo para o Aeroporto de Guarulhos, à noitinha, eu e meu marido vimos um objeto pequeno (parecia uma bola prateada com antenas e luzes), sobre o rio Tietê, próximo à região do Canindé. Até hoje fico intigrada ao olhar para o céu, buscando respostas rs

Jordão Santos disse...

Eu estava três semanas atrás cantando numa casa da Serra da Cantareira,, minha esposa veio e me chamou ,, não parei de cantar,, após seguir para casa, ela me mostrou as fotos de uma frota de OVNI que havia contemplado num domingo de céu limpo..

Jordão Santos disse...

Eu estava três semanas atrás cantando numa casa da Serra da Cantareira,, minha esposa veio e me chamou ,, não parei de cantar,, após seguir para casa, ela me mostrou as fotos de uma frota de OVNI que havia contemplado num domingo de céu limpo..

Jordão Santos disse...

Eu estava três semanas atrás cantando numa casa da Serra da Cantareira,, minha esposa veio e me chamou ,, não parei de cantar,, após seguir para casa, ela me mostrou as fotos de uma frota de OVNI que havia contemplado num domingo de céu limpo..