quarta-feira, abril 16, 2008

Mahabharata, Vimanas e Egito: vestígios do futuro

O Mahabharata é sem dúvida o texto sagrado de maior importância no hinduísmo e pode ser considerado um verdadeiro manual de psicologia-evolutiva de um ser humano. A obra discute o tri-varga ou as três metas da vida humana: kama ou desfrute sensorial, artha ou desenvolvimento econômico e dharma a religiosidade mundana que se resume em códigos de conduta moral e rituais, obrigatórios para quem deseja o desfrute e o poder econômico que adquire o desfrute.

A obra, assim com todos os demais textos sagrados hindus, possui um aspecto externo mitológico, como o de uma simples lenda mitológica sobre reis e príncipes, deuses e demônios, sábios e santos, guerra e paz. Mas o sentido exotérico, de certa forma oculto, na verdade versa sobre tri-varga, e sobre o objetivo mais importande da existência.

Este poema épico da Índia antiga é mais volumoso que a Bíblia e tem mais de 5000 anos. Nele estão descritas histórias intrigantes como a das Vimanas, máquinas voadoras, movidas a mercúrio e forte vento propulsor, teriam navegado a grandes alturas. As Vimanas podiam vencer distâncias infinitas, mover-se de baixo para cima, de cima para baixo e de trás para diante. Veículos espaciais com uma dirigibilidade de causar inveja! Nossa citação baseia-se na tradução de N. Dutt, Inglaterra, 1891:

"... Por ordem de Rama, o carro maravilhoso subiu com
enorme estrondo para uma montanha de nuvens..."


"... Bhima voou com sua Vimana num raio imenso, que
tinha o clarão do sol e cujo ruído era como o trovejar
de um temporal..." ( C.Roy,1889 ).


No Mahabharata acham-se indicações tão precisas que fica-se com a impressão de que o autor tinha pleno conhecimento do que escrevia. Relata, cheio de horror, uma arma que podia matar todos os guerreiros que usassem metal no corpo: - quando os guerreiros eram informados a tempo da presença dessa arma, arrancavam de si todas as peças de metal que levavam, mergulhavam num rio e lavavam cuidadosamente seus corpos e tudo aquilo com que tivessem contato. Não sem motivo, como explica o autor, porque a arma causava o efeito de fazer cair os cabelos e as unhas das mãos e dos pés. Tudo que era vivo, lamenta ele, tornava-se pálido e fraco.

No 8º livro está, talvez, o primeiro relato sobre o lançamento de uma bomba de hidrogênio: "...Gurkha, a bordo de uma possante Vimana, arremessou um único projétil sobre a cidade tríplice..." O relato usa vocábulos, como temos na memória de histórias de testemunhas oculares da explosão da primeira bomba H no atol de Bikini: - fumaça branca incandescente, dez mil vezes mais clara que o Sol, teria elevado-se com brilho imenso e reduzido a cidade a cinzas.".

O jornalista espanhol Javier Sierra escreveu sobre a lápide egípcia com inscrições estranhas de helicópteros e naves espaciais o seguinte:

"Conheço bem esse assunto. Em 1995 passei um tempo em Abydos recolhendo toda a informação referente a esse relevo, que está em uma das paredes do templo do Faraó Seti I, bem perto da entrada.


Tirei fotos, desenhei esquemas e falei com os arqueólogos locais que não tinham idéia do que se tratava.

Trouxe todo o material para a Espanha e publiquei algo em "Año Cero" num artigo chamado "Egito: vestígios do futuro", onde me dei conta dessas inscrições. Pois bem, atrás daquela publicação, consultei um expert em línguas antigas (um epigrafista, membro de Epigraph Society), Jorge Díaz.


Ele analisou e chegou a resolver o enigma: o que parece um helicóptero, uma arma de fogo e até um submarino não é mais que um resultado de um relevo de Seti I usurpado pelo seu filho, Ramsés II. Explico melhor: no Antigo Egito era comum que quando um faraó chegava a algum lugar, apagava textos de seus predecessores e colocava encima os seus.


Ramsés fez isso com as inscrições de Abydos mas não apagou os textos de Seti mas sim, escreveu encima. O resultado foram esses hieróglifos estranhos. Díaz me mostrou-o decifrando dois relevos em separado, desenhados sobre uma folha transparente. Ao colocar-los um sobre o outro, mostravam exatamente os supostos helicópteros."


Mas e você, o que acha?



Fonte
http://pt.wikipedia.org/wiki/Vimana
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mahabharata
http://www.fenomeno.matrix.com.br

9 comentários:

Olá, eu sou o GDX e este é meu blog. disse...

Mas voce pode interpretar estas imagens como:
A numero 1 como um corpo deitado.
A numero 2 como um corpo dentro daquele caixao egipcio deitado.

Deu pra sacar o que eu tento dizer?
Otimos posts!

florentino disse...

Tudo isto que lemos a cerca de tecnologias no passado remoto da humanidade é correto.
a civilização humana na terra, se desenvouveu com a ajuda de extraterrestres, e nós estamos sendo monitorados a distancia, não só nós, mas, muitas outras ainda em desenvouvimento em outros sistemas solares.
Estes ETS. são como semeadores da vida.

florentino disse...

As pessoas que ainda não leram os livros de ERICH VON DÄNIKEN, não sabem o que estão perdendo, são excelentes,elucidativos em muitos aspéctos do surjimento de nossa civilização.
EX: (de livros):Eram os deuses astronautas, De Volta as Estrelas, Deuses espaçonaves e Terra...

CASA DE HIRAM, Sociedade das Ciências Antigas disse...

Evidente são rastros de tecnologias que na e´pocas nem sonhavámos em construir, dizer que é um "corpo deitado" é lastimável, este sujeito que deu o comentário.
Não tenho dúvidas de se trata mesmo de tecnologias do egpicios dos seus "Deuses" do céu.
Não descarto que a ìndia tenha também sofrido esta cultura celeste, e que tenha conhecidos seus vimanas.
A história está aí, e isto muita gente não podem, mas se pudessem eles mudavam. Não descarto a possibilidade do povo Hebreu ter trabalhado com seres de outro mundo, buzinas e carros de fogos e anjos com poderes fabulosos, são frutos de uma tecnologia que desconhecemos ou que agora estamos começando a entender o fio da colcha de retalho. Carlos Vanilla
http://casadehiram.blogspot.com

Goiano disse...

É INCOMPATIVEL UM POVO COM SEUS GOVERNANTES VIVEREM COM A PRECARIEDADE DAS SUAS CONSTRUÇÕES, HÁBITOS, CRENÇAS E UMA TECNOLOGIA DE PONTA COMO A PROPULSÃO EM NAVES POR COMBUSTÍVEIS CAPAZES DE VARRER AS IMENSIDÕES HOJE CONHECIDAS DO COSMO.
UM POVO QUE DETEM UMA TECNOLOGIA DESSA MAGNITUDE, TEM COM CERTEZA OUTRAS QUE LHES CONCEBERIAM UMA VIDA MELHOR : AUTOMÓVEIS, USINAS DE ENERGIA, INSTRUMENTOS E UM CONHECIMENTO CÓSMICO QUE A MEU VER SÓ ADMITE UM DEUS ÚNICO, DENTRO DO ENTENDIMENTO QUE A ETERNIDADE UMA VÊZ NOS CRIADO, NÃO QUER DIZER QUE SOMOS O LIMITE ENTRE O ETERNO PASSADO E O ETERNO FUTURO.A PALAVRA DEUS REPRESENTA UMA INTELIGÊNCIA CONSCIENTE SEM PARALELO. ONISCIENTE, ONIPRESENTE, ONIPOTENTE DENTRO DO CONCEITO QUE O TODO ESTÁ PARA A PARTE ASSIM COMO A PARTE ESTÁ PARA O TODO,TODAVIA,REGIDOS POR LEIS LOCAIS.
HÁ UM ETERNO CAMINHO A SER PERCORRIDO E NO MOMENTO SÓ NOS RESTA DE CONCRETO O AMOR E A BUSCA PELO CONHECIMENTO DA VERDADE.SE VOCÊ DIMINUIR A MATÉRIA INFINITESIMALMENTE ELA SE TORNA DEUS. A MATÉRIA É LUZ DIVINA EMPACOTADA.O UNIVERSO É UMA CRIAÇÃO PROPOSITADA...

gmvillela@gmail.com

Alessandro disse...

Os relevos do entalho semelhantes a um helicóptero parecen-me na verdade um mapa da parte interior de uma tumba. Acho que neste caso, uma pirâmide.

Menoncin disse...

Quem está escondendo a verdade?
Acho que a igreja católica sabe a verdade e tem documentos.
A antiga biblioteca de Alexandria devia conter explicações bem evidentes sobre os extraterrestres que viveram na terra.
Os livros Hindus ainda existem e são de livre acesso porque os bispos e padres não puseram as mãos neles. Eles destruiam ou escondiam o que não lhes interessava.
Mas a verdade está próxima.
A ciência humana cujo acesso nos é permitido vai confirmar os fatos.

Márcio Adriano dos Santos disse...

Pode ser virar viajante maquina do tempo.

AGNALDO MILANI Mogi ds Cruzes disse...

Com relação ao fenômeno UFO, aparições de objetos no céu e abdução de humanos por seres estranhos (de outro mundo). Verifica-se baseados em diversos depoimentos, que tais fenômenos mais assemelham COISAS SOBRENATURAIS, INTANGÍVEIS e PLASMATICAS; que seres tangíveis que poderiam ser astronautas de outras galaxias distantes, com equipamentos e naves TANGÍVEIS. Em eras passadas, quando havia relatos de possessões demoníacas, seres obscuros de outro mundo vinham aos humanos e causavam os mesmos sintomas que são descritos por individuos que alegam haverem sidos abduzidos por ETs. Tais pessoas narravam manipulações em áreas sexuais do corpo, havendo seres com aparencias horríveis e astutos. Há relatos de seres obscuros que utilizavam mulheres para criação de filhos com caracteristicas hibridas como é o caso dos denominados NEPHILINS relatados inclusive no Velho Testamento (abdução de mulheres para mesclarem-se na raça). Havemos de ter cautela, para não idolatrar supostos seres "MAIS EVOLUÍDOS" consoante sempre alegam certos indivíduos do movimento NOVA ERA. Pois tais seres podem NÃO ser de DEUS.