terça-feira, janeiro 30, 2007

Reencarnação na Bíblia

O primeiro passo para compreender a reencarnação e vê-la nas páginas da Bíblia, é saber o significado ou aquilo que significa o ato de reencarnar. Reencarnar é tornar a tomar corpo carnal ou nascer novamente, indiscutivelmente é um ato de reencarnar, que consta dos textos sagrados dos judeus e cristãos.


"[Tito 3:3] Porque também nós éramos outrora
insensatos, desobedientes, extraviados, servindo
a várias paixões e deleites, vivendo em malícia e
inveja odiosos e odiando-nos uns aos outros.

[Tito 3:4] Mas quando apareceu a bondade de Deus,
nosso Salvador e o seu amor para com os homens,

[Tito 3:5] não em virtude de obras de justiça
que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua
misericórdia, nos salvou mediante o lavar da
regeneração e renovação pelo Espírito Santo,"


O autor de Tito relata uma série de desqualificações de caráter e de procedimentos dos seus professos, advindos de outros tempos, que tanto pode ser daquela mesma geração como de existências anteriores; todavia, posto que diz agora salvos pelos procedimentos da reencarnação, obviamente se trata de erros cometidos em vidas passadas.

Sob a óptica cristã, analisada as ocorrências, a reencarnação não somente está mencionada nos textos bíblicos, como também plenamente aceita pelos judeus e primeiros cristãos, daí a faculdade e crença que espíritos desencarnados podiam também desencadear certos fenômenos de manifestações, positivas ou negativas, diretas ou indiretas, bastando para tanto apenas um veículo intermediário racional entre os mundos físico e extrafísico.

Certos textos foram adulterados, outros suprimidos ou substituídos, alguns ainda bastante fáceis de serem localizados e esclarecidos à luz das próprias Escrituras.


Jesus comunica-se com os "mortos"

Mateus 17:1 a 8 nos traz uma sessão de comunicação, materializando-se os espíritos, sendo Jesus encarnado o partícipe principal do evento. O verso 3 é bastante claro:


"[Mateus 17:1] Seis dias depois, tomou Jesus consigo
a Pedro, a Tiago e a João, irmão deste, e os conduziu
à parte a um alto monte;

[Mateus 17:2] e foi transfigurado diante deles; o seu
rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes
tornaram-se brancas como a luz.

[Mateus 17:3] E eis que lhes apareceram Moisés e
Elias, falando com ele.

[Mateus 17:4] Pedro, tomando a palavra, disse a
Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres,
farei aqui três cabanas, uma para ti, outra para
Moisés, e outra para Elias.

[Mateus 17:5] Estando ele ainda a falar, eis que
uma nuvem luminosa os cobriu; e dela saiu uma
voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em
quem me comprazo; a ele ouvi.

[Mateus 17:6] Os discípulos, ouvindo isso, cairam com o
rosto em terra, e ficaram grandemente atemorizados.

[Mateus 17:7] Chegou-se, pois, Jesus e, tocando-os,
disse: Levantai-vos e não temais.

[Mateus 17:8] E, erguendo eles os olhos, não
viram a ninguém senão a Jesus somente.
"



João Batista, a reencarnação de Elias

Malaquias 4:5, Antigo Testamento, informa o envio do profeta Elias a terra, como precursor de Jesus: “Eis que vos envio o profeta Elias, antes que venha o terrível e grande dia do Senhor”.

O anúncio da vinda de Elias, informando da missão do profeta, para que o povo pudesse reconhece-lo e saber estar próxima a vinda do filho de Deus. Elias era de fato esperado pelos judeus, desde a promessa em Malaquias, como precursor do Cristo.

Julgaram encontra-lo em João Batista, mas o batizador respondeu que não era ele o Elias que havia de vir, nem mesmo um profeta. Alguns estudiosos espíritas acreditam que João Batista não se lembrava de sua encarnação anterior, outros que ele ainda não tinha consciência de sua missão, e aqueles em defesa que a modéstia fez João responder daquela forma.


[Mateus 17:10] Perguntaram-lhe os discípulos:
Por que dizem então os escribas que é
necessário que Elias venha primeiro?

[Mateus 17:11] Respondeu ele: Na verdade
Elias havia de vir e restaurar todas as coisas;

[Mateus 17:12] digo-vos, porém, que Elias já veio,
e não o reconheceram; mas fizeram-lhe tudo o
que quiseram. Assim também o Filho do homem
há de padecer às mãos deles.

[Mateus 17:13] Então entenderam os discípulos
que lhes falava a respeito de João, o Batista.

Falara de João Batista morto recentemente a mando de Herodes


Os espíritas se apegam a estes textos em Mateus, para a comprovação da doutrina da reencarnação, como reconhecimentos pronunciados pelo próprio Jesus, que significam Elias renascido em João Batista.

Porém, os cristãos que condenam a doutrina espírita como antibíblica, apresentam uma série de argumentos com intenções de descaracterizar aqueles textos e, conseqüentemente, dar significados diferentes às palavras de Jesus. Eis o que dizem: "Não existe na Bíblia a palavra reencarnação, Jesus não a pronunciou."

Reencarnação é uma palavra moderna, do século XIX, portanto não poderia figurar como tal nas páginas da Bíblia, e Jesus não a disse mesmo em momento algum. O que Jesus pronunciou foi renascimento, ser gerado de novo, exatamente com o mesmo significado de reencarnação, ou seja, nascer novamente.


[João 3:7] Não te maravilhes de te ter dito:
Necessário vos é nascer de novo.



"Palingenesia" é a palavra grega para reencarnação em português, e ela consta de alguns textos bíblicos no antigo e novo testamento, embora sempre posta nas traduções ou versões, como recriação ou regeneração.

Deve-se atentar que os cristãos não reencarnacionistas não admitem a pré-existência da alma, ou seja, que a alma é criada no exato momento da concepção. Jeremias 1:5, no entanto, diz textualmente ser conhecido antes mesmo do ato da sua fecundação, o que só pode significar pluralidade de vidas. "[Jeremias 1:5] Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta."

11 comentários:

Adriana, servo do Deus altíssimo disse...

bem, eu não concordo q exista reencarnação. Jesus é o todo poderoso e Ele pode comunicar-se tanto com vivos e com mortos.
Tito fala através do Espirito Santo de Deus que quando o pecado habitava entre nós, havia desobediência e toda sorte de mal, mas quando Deus pela sua infinita misericódia e amor nos salvou do pecado que nos separava dEle através do espírito Santo que nos consola e testifica a nós o que Deus quer.
E em se tratando de textos adulterados, podem até terem tidos , mas que ainda Deus fala conosco quando lemos é verdade.
quando Jeus fala que é necessário nascer de novo, diz que é preciso nos despejar do velho homem que há em nós, e ter uma nova vida com Ele vivendo em sua presença.

( Deus te abençõe e te guie )

Sr. R disse...

Encontraremos em Mateus (17, 10-13) a reencarnação de forma bem mais clara, senão vejamos:

"Os discípulos lhe perguntaram: "Por que dizem os escribas, que Elias deve vir antes?" Respondeu-lhes: "Elias há de vir para restabelecer todas as coisas. Mas eu vos digo que Elias já veio e não o reconheceram, mas fizeram com ele o que quiseram.Do mesmo modo, também o filho do homem está para sofrer da parte deles. Então, os discípulos compreenderam que Jesus lhes tinha falado a respeito de João Batista".

Por que Elias não foi reconhecido? Porque agora animava outro corpo. Simples não?

Mas poderiam objetar: Jesus não afirmou que João Batista era Elias. Foram seus discípulos que pensaram assim. Certo! Mas em várias oportunidades Jesus demonstrou conhecer o pensamento das pessoas, por isso, se não disse nada em contrário é porque sancionava o que os discípulos estavam pensando.

As dúvidas poderão ser dissipadas nesta outra narrativa. Vejamos Mateus 11, 14-15:

"E, se quiserdes compreendê-los, João é o Elias que estava para vir. Quem tem ouvidos, que escute bem". Essa última frase deve ter sido dita por Jesus por que sabia que muitos não iriam aceitar o princípio da reencarnação, mas reafirmamos: quem quiser ouvir que ouça!

Francisco disse...

Muito bom.
Gostei muito do post e deste seu comentário.

Existe um estudo aos textos da Bíblia realizado por Severino Celestino que também é excelente e dá para aprofundar muitos desses assuntos, não sei se estará disponível na Internet, mas se lerem este artigo de Neto Sobrinho já ficam com uma ideia bastante alargada do tema: http://www.espirito.com.br/portal/artigos/paulosns/reencarnacao-argumentos.html

Grande abraço.
Francisco.

Crony disse...

É meu amigo, você postou muito bem sobre as pluralidades de vidas.
Eu fico impressionado em ver que tem pessoas que não acredita. Logo não tem outra explicação. Por que tem gente que nasce em países em guerra, e outros em países em paz como o Brasil por exemplo, outros nasce em plena miséria, outros com fartura, outros com saúde, outros com deficiência, etc..isso é um pequeno exemplo; aí, eu pergunto a essas pessoas, aliais, respondo, e aí que se encontra a infinita misericórdia e justiça de Deus, pois se admitimo-nos um só ato finito de Deus, Ele não seria Deus. Depois disto eu pergunto a essas pessoas, porque essa desproporção? Há já sei, alguns irão falar e o tal do "pecado original" poxa como posso eu tá pagando por uma coisa que não fiz, mas, contudo existe textos na bíblia que fala "E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras" (Apocalipse 22:12); "Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras" (Mateus 16:27), em fim, fica difícil acreditar em "pecado original" e sim, "a cada um segundo suas obras" até porque temos o direito do "livre arbítrio" direito esse concedido por Deus. Todavia existe uma lei chamada "ação e reação" lei essa que explica a infinita misericórdia e justiça de Deus, pois quê, cada ação uma reação, ou seja, se plantamos uma fruteira, colheremos frutos, se o fazemos o bem, colheremos o bem, se plantamos o mal, colheremos o mau, e aí vai...sendo que diante do direito do "livre arbítrio" e a lei de "ação e reação" escolhemos qual caminho seguimos, o "bel" ou o "mal", o bem colheremos o bem, o mal colheremos o mau. O ideal é que todos tivéssemos esses conhecimentos, pois iria diminuir muito a quantidade de miséria, fome, guerra, etc..., e contra partida perceber um mundo bem mais melhor.

Um grande abraço!!!
Crony

Anônimo disse...

Eu acho que as pessoas ficam perdendo o seu precioso tempo tentando descobrir a verdadeira religião, sendo que o que importa é DEUS."Se existe ou não reencarnação, não importa."
O que importa é o que fazemos hoje, o que virá só pertense a Deus e ao grande advogado que é Jesus Cristo, pois é o que fazemos "HOJE" que vai nos libertar do grande dia do julgamento.

Rosane Rocha Moreira

Fátima L. Braga disse...

Eu acredito em reencarnação. Acredito que Deus, na sua infinita bondade, nos dá oportunidades para evoluirmos, a cada encarnação. E como evoluimos? Tendo Luz na consciência. E quando temos Luz, sabemos discernir o que é certo e o que é errado e procuramos seguir o caminho de Deus. Deus é Luz, Pureza, e para chegarmos até Êle, devemos estar purificados também. E para chegarmos a purificação, temos que renascer quantas vezes forem necessárias. Esse é o meu pensamento. Grata,
Fátima L. Braga.

Anônimo disse...

Eu acredito em reencarnação, pois ñ cabe a idéia dentro do meu coração que nem nós que somos imporfeitos damos coisas ruins a nossos filhos então como deus que é perfeito nos daria uma unica chance, tem coisas que temos que usar nosso coração pois nem tudo esta escrito na biblia, se nem a cicencia da terra que é limitada cabe em todoas os livros como a ciencia espiritual caberia, e esta escrito que naqueles dias , EU POREI AS MINHAS LEIS NO SEU ENTENDIMENTO,E EM SEU CORAÇÃO AS ESCREVEREI:E EU LHE SEREI POR DEUS, E ELES ME SERÃO POR POVO; E Ñ ENSINARA CADA UM AO SEU PROXIMO, NEM CADA UM AO SEU IRMÃO DIZENDO:CONHECE O SENHOR; POIS TODOS ME CONHECERÃO DESDE O MENOR DELES ATÉ AO MAIOR.
VEJAM QUE MARAVILHA QUE DIZ AI (DESDE O MENOS ATÉ AO MAIOR) A CADA UM SEGUNDO SEU ENTEDIMENTO, QUER DIZER SUA CAPACIDADE DE COMPREENÇÃO.
UM ABRAÇO A TODOS E UMA ILUMINADA JORNADA.

Anônimo disse...

Reencarnação, nem todos teram essa portunidade, então hoje é que importa, viva o Hoje com Deus então não teras que vir, aceita Jesus e te Ilumine agora, ão somos Elias, esperar a proxima vida seria muito egoísta se Deus nos deu esta maravilha que é Viver. Tenha Deus agora e se Ilumine pra não dar mais Trabalho.
abs Seabra de Sousa

Anônimo disse...

A reencarnação não existe.Vamos analisar aqui o caso de João batista ser a reencarnação de Elias(passagem muito citada pelos espiritas).Por que ao inves de Elias que apareceu a Jesus na transfiguração,num foi João Batista?Sendo assim sua ultima encarnação?E outra:Quando Elias estava pra ser elevado numa carruagem de fogo,conforme nos mostra a biblia,Eliseu pediu que lhe desse porção doblada do seu espirito.Como a doutrina espirita explica esse fato?E ainda mais:Alguem pode descobrir quem fomos no passado?Por que aos outros apostolos não foram revelados quem eles haviam animado outrora?E somente neste caso isolado?Na verdade o que a biblia diz é que ouve uma semelhança entre o ministerio profetico de Elias e João Batista.Nada mais.Se a doutrina da reencarnação ja exeitia na época(os fariseus por ex.)por que Jesus iria se limitar a falar?

Anônimo disse...

No evangelho de joão cap 9 v2 diz: mestre quem pecou este ou seus pais para que nascesse cego(referindo-se a um homem cego de nascença)?1-Isso demonstra claramente que essa doutrina da reencarnação ja existia(pregada pelos fariseus da epoca)e os discipulos de jesus a conhecia como mostra a pergunta acima,feita a Jesus.2-Jesus não poderia,de forma alguma, se limitar a falar dela caso a aceitasse.E ele teve uma grande oportunidade,ja que os discipulos trataram do assunto.Mas,de uma forma clara,a negou dizendo:nem ele, nem seus pais pecaram,foi assim para que se manifeste nele a gloria de Deus.3-Os defensores desta doutrina sabem explicar o que Jesus quis dizer:"para que se manifestem nele a gloria de Deus"?Sera que a gloria de Deus se manifestou quando Lazaro morreu?
4-Por que Jesus se limitou a falar sobre a reencarnação em suas instruções aos discipulos?Ele,em marcos 15,deu total prioridade a pregação do evangelho.Portanto,se Jesus concordasse com a reencarnação,seus discipulos teriam recebidos ensinamentos detalhados sobre a tal.

Sr. R disse...

Pessoal

Como minha resposta ficaria muito grande, resolvi criar mais um post para responder aos 2 últimos comentários.

Clique aqui para visualizar as respostas

Agradeço a todos que comentaram e que de certo modo já responderam muitos dos questionamentos levantados aqui.

Obrigado