sexta-feira, outubro 02, 2009

O método Kovacsik no tratamento e cura do câncer

Estevam Kovacsik curou mas de 3 mil pessoas com seu método.

Primeiro gostaria de contar a vocês como esse documentário chegou até as minhas mãos. Um belo dia eu e meu amigo Fábio, que conheci a mais de 10 anos (chegamos até a trabalhar juntos na área de programação), estávamos almoçando e ele comentou sobre um documentário que falava sobre a cura do câncer. A verdade é que eu não tinha dado muita importância, mas junto dele havia o filme "La Belle Verte". Resolvi assistir primeiro ao filme, pois era final de semana e a esposa (grávida) não queria sair de casa.

Achei sensacional! Era tudo o que eu sempre pensei sobre uma sociedade alternativa. Mais tarde, depois de alguns finais de semana, fui assistir ao documentário. Apenas uma palavra: Emocionante.

Estevam Kovacsik foi um homem muito sério, pesquisador dedicado, gostava das coisas certas, chegando às vezes até a parecer uma pessoa brava. Vivia exclusivamente com o objetivo de encontrar a cura do câncer para toda a humanidade, abnegando de seu próprio descanso e lazer.

Lá na década de 40 já pensava o seguinte: Se o câncer existe há tantos anos e a medicina até hoje não descobriu a origem e nem como tratar, essa doença deve manifestar-se de algum outro modo.

Foi em 1948 que o senhor Estevam teve a primeira idéia de como poderia surgir o câncer. Um dia comprou cerca de 30 pintinhos e os soltou em seu galinheiro. Mais tarde percebeu que a maioria estava morrendo. Rapidamente e ele correu para colocar em outro espaço os que sobraram. Esse episódio, que para muitos seria uma questão rotineira, para ele foi um momento chave de questionamento.

Como isso, Estavam Kovacsik tomou como base em suas pesquisa a Radiestesia, que consiste em trabalhar com as vibrações. Todo ser vivo ou objeto inanimado, emite vibrações, cada um com características próprias.

O senhor Kovacsik, através da varinha ou do pêndulo, mediu a vibração no local. Aprofundando-se nas pesquisas ele descobriu que haviam veios de água contaminada, que emitiam vibrações especificamente maléficas, baixando a imunidade corporal dos pintinhos.

A primeira fase de sua pesquisa foi de 1948 a 1964. Nessa fase concluiu que pessoas, animais ou vegetação que viviam sob veios de água poluídas, que emitiam vibrações maléficas, não tinham um desenvolvimento normal e saudável. Que consistia na exposição prolongada (cerca de 3 a 4 anos) e o aparecimento de um vírus, o vírus do câncer.

Fazendo um adendo aqui. O Espírito de Ramatis, no livro "Fisiologia da Alma" (Psicografia de Hercílio Maes), desvenda o mecanismo oculto que desencadeia, a partir dos corpos sutis do ser humano, as enfermidades do corpo físico. Na década de 50, Ramatis já trazia essa informação de que o câncer deveria ser tratado pela humanidade como um vírus. O que ele explica é que esse vírus se instala no perispírito do ser, manifestando-se no corpo físico. O resultado do câncer seria através do nosso campo psíquico desajustado + carga fluídica mórbida + moléstia epidêmica. Acompanhe:

    Ramatis: O contágio patogênico só é possível quando nas próprias criaturas contagiadas existe o elemento fundamental “miasmático” que, então, serve de base para os germes contagiantes. A maioria da humanidade terrena ainda é portadora de carga fluídica mórbida, ou de um miasma crônico, que vem sendo nutrido através dos séculos e dos milênios, pela imprudência dela mesma. Esse miasma, que se entretém como uma carga mórbida coletiva, serve então de elo favorável para que a moléstia epidêmica se dissemine e se faça o contágio. E uma soma residual dos tóxicos psíquicos que são elaborados pelas criaturas em sucessivas encarnações, constituindo-se na essência mórbida básica, que faz eclodir as enfermidades semelhantes e alimenta os germes afins.
    ...
    Pergunta: Como essa descida de tóxicos do perispírito para o copo físico é assunto complexo demais para o nosso entendimento, poderíeis nos descrever alguma operação química do nosso mundo, que nos desse uma idéia melhor do acontecimento psíquico?
    Ramatis: Embora se trate de um exemplo rudimentar, lembremos que o enxofre, quando submetido ao calor, passa do estado sólido ao gasoso, através do conhecido fenômeno de sublimação química. Em estado gasoso, ele ainda é visível no seio da retorta mas, se for submetido à ação de um calor cada vez mais intenso, torna-se transparente, alcança o estado radiante e fica invisível. No entanto, em operação inversa, pelo resfriamento gradativo, o químico pode fazê-lo retornar ao seu antigo estado sólido; então o gás fluidíssimo e invisível, do enxofre sublimado, “baixa” outra vez do mundo oculto e se faz visível aos olhos físicos. Assim também diríamos que o “tóxico psíquico”, que circula no perispírito da criatura, é como o gás invisível do enxofre bastante sublimado pelo calor e que, por efeito de um “resfriamento mental”, também baixa em sua freqüência vibratória, até condensar-se, pouco a pouco, na carne do corpo físico, produzindo a estagnação que favorece a infecção microbiana ou a degeneração orgânica.

O tratamento criado pelo senhor Kovacsik consiste em uma pirâmide associada a uma peça metálica chamada de acelerador. Esse processo resulta na eliminação da vida do vírus. Primeiro é feito o diagnóstico com o auxilio do pêndulo, para identificação do vírus na pessoa. Identificada a vibração do vírus na pessoa, ela passa a ser tratada com o método Kovacsik.

De uma forma bem resumida, coloquei aqui um pouquinho do que é essa maravilhosa história de vida do senhor Estevam Kovacsik e sua extraordinária pesquisa.

O documentário aborda o Método Kovacsik para tratamento e cura do câncer. Realizado em 2007, dirigido por Daniel Kovacsik, bisneto de Estevam. Para quem tiver interesse de adquirir o DVD com o documentário "Da origem ao fim do câncer", entrar em contato com Daniel Kovacsik através do e-mail daniel@aemk.com.br





3 comentários:

petiza&babi disse...

Srs, gostaria de visitar este local, pois sou paciente oncologica e me interessa em saber como me tratar, se possivel passem o enreço daqui de São Paulo. Obrigada! Att. E-mail: lucienemorais25@hotmail.com

tania mpsousa disse...

Estou encantada com a palestra. Fiquei com esperança que as pessoas possam ter uma vida mais confortável e de qualidade, e que saiam do conformismo.

Lucélia Schirrmann disse...

Isso tudo é simplesmente encantador e pode curar a humanidade, que em grande parte insiste em acreditar somente na indústria farmacêutica e dos grupos econômicos dominantes que não querem curar, mas sim manter as pessoas reféns de seus serviços e produtos!

Lucélia Schirrmann