quarta-feira, setembro 30, 2009

Dr. Sérgio Felipe de Oliveira - A Glândula Pineal

Psiquiatra brasileiro, mestre em Ciências pela USP e destacado pesquisador na área da Psicobiofísica.

A sua pesquisa reúne conceitos de Psicologia, de Física, de Biologia e do espiritismo. Desenvolve estudos sobre a glândula pineal, estabelecendo relações com atividades psíquicas e recepção de sinais do mundo espiritual por meio de ondas eletromagnéticas. Realiza um trabalho junto à Associação Médico-Espírita de São Paulo AMESP e possui a clínica Pineal Mind, onde faz seus atendimentos e aplica suas pesquisas.

Segundo o mesmo, a pineal forma os cristais de apatita que, em indivíduos adultos, facilita a captura do campo magnético que chega e repele outros cristais. Esses cristais são apontados através de exames de tomografia em pacientes com facilidade no fenômeno da incorporação. Já em outros pacientes, em que os exames não apontam tais cristais, foi observado que o desdobramento fora facilmente apontado.

Segundo a revista Espiritismo & Ciência, "o mistério não é recente. Há mais de dois mil anos, a glândula pineal é tida como a sede da alma. Para os praticantes da ioga, a pineal é o ajna chakra, ou o “terceiro olho”, que leva ao autoconhecimento. O filósofo e matemático francês René Descartes, em Carta a Mersenne, de 1640, afirma que “existiria no cérebro uma glândula que seria o local onde a alma se fixaria mais intensamente”.

Sérgio Felipe de Oliveira tem feito palestras sobre o tema em várias universidades do Brasil e do exterior, inclusive na Universidade de Londres. Numa apresentação na Universidade de Caxias do Sul, o pesquisador afirmou ter recebido vários estímulos para estudar a glândula pineal quando ainda estava concentrado em pesquisas na área de física e matemática.

Um desses estímulos foi uma visão em que lhe apareceu o professor Zerbini, renomado médico cardiologista e pioneiro dos transplantes de coração no Brasil. Zerbini, a quem sérgio teria substituído em seus dois últimos compromissos acadêmicos, sugeriu a Sérgio insistentemente (durante a visão) que estudasse a glândula pineal, conforme o relato do pesquisador.

Abaixo, a sensacional palestra ministrada na Universidade de Caxias do Sul:

12 comentários:

Dudu Santana disse...

Vídeo excelente Rob, me ajudou a compreender coisas que ocorrem comigo. Fico grato mais uma vez ao primoroso trabalho que você faz aqui. Abraço fraterno!

Muita Paz!

HIPÁTIA III disse...

Olá!
Estou precisando do e-mail do Dr. Felipe com urgencia! A finalidade é convida-lo para um evento que se realizará em Alto Paraiso/GO. Se puder me ajudar, agradeço!
Meu blog: www.segredosdoplanetashan.blogspot.com
Paz!
Hipátia

Sr. R disse...

Para entrar em contato com o Dr. Sérgio Felipe de Oliveira:

CLÍNICA PINEAL MIND
Rua Paulo Orozimbo, 916
Próxima ao Parque da Aclimação em São Paulo/SP.
Telefone (11)3209-5531

Patrician Villard disse...

Oi sou brasileira e moro na Agentina tenho alguma maneira de entrar em contato com o Dr já que diagnosticaram narcolepsia e tenho muitas dúvidas sobre o tema.
Obrigada
Paty

José Edmar disse...

Uma análise das "pesquisas" desse médico (que não é psiquiatra nem "destacado pesquisador" de coisa alguma), inclusive com o apontamento de uma mentira veiculada por ele no início da "sensacional palestra" acima referida e disponibilizada, vocês encontram em http://pt.scribd.com/doc/75945612/Dossie-Sergio-Felipe-de-Oliveira.

Unknown disse...

Só uma crítica ao dossiê que foi feito, em relação a formação do Dr. e os artigos publicados por ele, podem ser verificados no lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4455241U0 , se por um acaso algumas dessas informações forem falsas (o que eu não acredito), o Dr. Felipe estará com sérios problemas com vários instituições. Não acredito que uma universidade do gabarito da USP deixaria tanta coisa ser publicada em seu nome em vão, sinceramente.

José Edmar disse...

Noto que o Lattes do médico foi atualizado em 14/02 último (eu já suspeitava que isso iria ocorrer após ele tomar conhecimento do "Dossiê", como disse lá). Ele mudou a apresentação do currículo e corrigiu os dados falsos referentes à sua produção bibliográfica, mas fez questão de deixar outras inverdades que foram denunciadas, como a de ele tivera um vínculo profissional com o IFUSP e a de que seu curso "Bases Biofísicas e Epistemológicas da Integração Cérebro-Mente-Corpo-Espírito" constituiu-se extensão de 1992 a 1994 e especialização após 1995. Sobre este último ponto, reproduzi no "Dossiê" uma mensagem da Secretaria de Pós-Graduação do Depto. de Anatomia do ICB/USP a respeito do assunto. Quanto ao vínculo de Sérgio Felipe com o IFUSP, basta ler com atenção seu currículo pra notar que alguma coisa está errada. Em "Atuação profissional", ele diz que teria sido *colaborador* no IFUSP no projeto de pesquisa "Teoria de campo de sistemas biológicos", mas na descrição desse projeto (que é uma bizarrice só, mostrando que ele não tem sequer noção do que fala) consta que Sérgio Felipe fora o *coordenador* do projeto... Ora, ele fora colaborador ou coordenador do "projeto"? A verdade não é uma coisa nem outra... Ele nunca teve QUALQUER participação em projetos de pesquisa do IFUSP. Não acredita? Contate então você mesmo a instituição.

Sobre a USP não tomar providência quanto às inverdades que constam no currículo do médico, é bom saber que a universidade não fiscaliza os currículos "Lattes" nem mesmo dos professores adidos a ela, que dirá então de alguém que não tem nem vínculo direto com a instituição, como é o caso de Sérgio Felipe...

Unknown disse...

Bom José, eu não pude deixar de conferir. Mas você não só está ligado a Usp como tem trabalhos orientados pelo Vannucci, que é também por sua vez um estudioso do espiritismo, ou não. Quem me responderá é você, ou seus trabalhos talvez não tenham nada a ver com isso (pura especulação da minha parte). Estive uma vez numa palestra na Geografia da USP com um professor estrangeiro (isso em 2005), e lembro de terem ocorrido fortes discussões sobre o tema, com vaias e tudo o que uma baderna tem direito (José, você estava lá no meio por um acaso? hehehe..)

NÓS.HUMANOS disse...

O vídeo não está mais incorporado, não se pode mais ver no youtube. Como podemos fazer?

Ivo da Silva Bitencourt disse...

Penso, logo crio.

Para quem está acompanhando!
Conforme eu já tinha dito anteriormente, as ondas cerebrais enquanto percorrem os axônios são eletro-químicas, os elétrons da bomba sódio/potássio passam a membrana celular por efeito túnel como partículas, estabelecendo entre a camada externa e o interior uma diferença de potencial de 0,60 mv. que se convertem em ondas eletromagnéticas que vão modular o campo quântico da consciência cósmica que pervade o espaço sub-atômico das moléculas neurais.
A consciência cósmica que é o arquivo da inteligencia racional e emocional e da memória desde a formação do universo, decodifica essas ondas em amplitude e reflete para a nossa central de atendimento, "a glândula Pineal" um pacote de informações em FM.
A glândula Pineal com seus cristais de Calcita, funciona como uma antena receptora e converte as ondas eletromagnéticas em impulsos neuroquímicos que controlam a glândula Hipófise que controla com seus hormônios todas as outras glândulas do sistema endócrino, que está ligado pelo nervo vago com o sistema nervoso central e involuntário. completando assim no homem um ente individual.
Continua

As ondas cerebrais variam de 5 a 15 Htz. do estado de sono profundo ao estado de vigília. e podem ser medidas pelo "eletroencefalograma"

Quando a pessoa está em sono profundo, ou leve, a sua mente está na área dos sonhos e do inconsciente. Nesse estado de 5 a 10 Htz. a mente inconsciente está em sintonia com a mente cósmica que criou o universo, a vida e a consciência humana. Um campo quântico que contém a memória de tudo que foi criado. Nesse "museu da imagem e do som" é que está arquivada as vidas passadas nos nossos ancestrais, e pode ser acessada por uma técnica de Abordagem Direta do Inconsciente, criada pela Dra. Janete Jost .

Quando estamos acordando ou antes de dormir a nossa frequência mental está + - em 10 Htz. É a melhor hora de planejar as atividades para o dia, ou fazer orações, porque nesta hora ainda estamos sintonizados com a mente cósmica, (e tudo que pedires ao Pai, crendo, recebereis) porque todo o universo conspirará a seu favor.

Quando você entra em campo para as suas atividades diárias, a sua frequência mental começará subir, agora você é um executivo, só poderá cumprir as suas metas. Cuidado, porque quando a sua frequência estiver pelos 15Htz. você se irritará facilmente.

Unknown disse...

Realmente não vi nada no currículo do Dr. Sérgio, que o vincule com a renomada USP. Seu único vínculo anteriormente foi a de aluno de graduação do curso de medicina, mesmo assim não se observa sua especialização em psiquiatria, isso é no mínimo estranho. Mais tarde fez um mestrado novamente na USP e mesmo assim o tema da dissertação nada tinha a ver com experiências ligada ao espiritismo.
Sendo assim entendo que o Dr. usa a credibilidade da USP,vinculando ao seu nome, para induzir as pessoas a pensarem que suas pesquisas tenham respaldo dessa instituição e que tenham cunho científico. Apenas lastimo.

Osvaldina Silva disse...

Adoro as palestras do Dr. Sergio.
Mas nesse momento estou precisando muito entrar em contato com ele.
Tenho uma dor na coluna que esta me deixando sem rumo, pois ela vem tomo os medicamentos melhora dai ela volta novamente e segundo o medico não tem cura.
como sou espírita,busco resposta para essa dor.